WordPress – Análise Completa

WordPress análise completa

O que é o WordPress?

A maneira mais fácil e rápida de ter um site de grande qualidade.

Sim, isso é possível. Com pouco dinheiro.

Nesse artigo você vai ver uma das ferramentas mais poderosas do mundo em ação e como você pode usá-la a seu favor.

O WordPress é um CMS (sistema de gerenciamento de conteúdo) para a internet, voltado principalmente para a criação de blogs.

O WordPress é adotado por aqueles que queiram um blog mais profissional e com maiores recursos diferenciais e também é usado em sites de comércio eletrônico.

O melhor? Você não precisa saber um pingo de programação ou qualquer coisa mais técnica para usar o WordPress.

É muito fácil de usar!

Mas eu recomendo fortemente que você tenha uma noção básica ou alguém que possa te ajudar nisso, se quiser realmente ter algo profissional e bem feito. Ao longo do artigo vou te explicar o motivo.

Ele é gratuito de verdade e uma das coisas que o faz tão popular é que ele pode ser melhorado por qualquer pessoa (open source). Daí a popularidade dos “temas” e “plugins” que dão tanta liberdade aos usuários e permitem que qualquer site possa ser criado.

WordPress.com X WordPress.org

Esse é o grande lance do WP e gera uma confusão que faz com que até mesmo eu me esqueça de qual é qual.

Existem duas opções viáveis que você pode usar o WP, ambas gratuitas, mas com algumas diferenças pequenas na parte financeira e técnica.

WordPress.com

É o mais básico. Nele, você tem características mais “amarradas” e menos profissionais. Mas é 100% gratuito. Você coloca seu site ou blog no ar sem gastar um centavo, porém, com funcionalidades mais limitadas.

Com as atualizações mais recentes, você até pode ter algo um pouco além do básico usando esse modelo do WP, mas acaba não valendo a pena por conta dos custos que são cobrados.

Essa opção não te permite usar muitos plugins e temas, deixando você com opções bastante limitadas.

Não recomendo que o use. Não espere ter um site completo e profissional com o WP.com justamente por causa dessas limitações dele.

Link do WordPress.com

WordPress.org

É o completão. Esse site em que você está lendo esse artigo, o Não Tenho Ideia, é criado com ele. Também é gratuito. Mas você precisa arcar com a despesa anual do domínio, que é o nome do site (www.seunome.com.br) e com a hospedagem, que é o serviço que garante que seu site ficará disponível na internet.

O valor de domínio é pago anualmente e fica em torno de R$30 e você pode fazer isso em empresas como a GoDaddy, Registro.br e Uol Domínios.

A hospedagem tem preços variados e é paga mensalmente, sendo as empresas mais recomendadas do mercado no Brasil o HostGator, Amazon e BlueHost.

(Hostgator é a hospedagem que eu uso e recomendo)

Para ter o WP.org basta baixar o arquivo e instalar na sua hospedagem, usando o domínio que você quiser.

Link do WordPress.org

Entendeu a diferença?

Ambos são gratuitos. Mas se quiser ter algo realmente profissional, recomendo o WordPress.org. Mas você terá despesas (minúsculas) com domínio e hospedagem.

Temas e Plugins do WordPress

Essas duas opções que qualquer pessoa que usa o WP são fantásticas! O uso de plugins e temas é vasto no WordPress.org, enquanto no WordPress.com você tem poucas opções.

O que são temas?

Os temas WordPress são uma coleção de arquivos que trabalham juntos para produzir uma interface gráfica com um design unificador. Um tema modifica a maneira como o site é exibido, sem modificar o software ou os dados que ele gerencia.
WordPress

Sendo menos técnico: Os temas são “a cara” do seu site. Tudo que você vê nele, é o tema. O meu é desenvolvido por um sócio e amigo que é quase um gênio, Guilherme Marconi Fraga. (Se quiser um igual ou melhor, clica no nome dele e conversa com ele)

Existem temas gratuitos no diretório de temas do WordPress e existem os temas premium, que você precisa pagar alguma quantia para usar.

Entre os temas premium que eu conheço e recomendo estão o ConversionWP, ou o diretório ThemeForest, onde tem muita coisa boa também.

Além disso, você pode usar o Optimize Press como tema do seu site igual ao da minha amiga Paula Quintão, que tem um site muito bonito, por sinal.

Se quiser ler mais sobre os temas e saber algumas partes técnicas, clique aqui.

O que são plugins?

Eles são os potencializadores do wordpress e de seus respectivos temas. Existe plugin para tudo, é incrível.

Até mesmo as funções mais básicas, o que ajuda quem não entende nada ou quase nada para ter um site profissional.

Existem plugins gratuitos e plugins premium. Geralmente, é recomendado ter no máximo 12 plugins no seu site, então tenha só o essencial.

No diretório de plugins do WordPress você pode encontrar a maioria. Alguns que eu uso e recomendo: Contact Form 7, Disqus, WP Smush-It, WP Super Cache, Optimize Press, Wp Profit Builder e Squeeze WP.

Principais Funcionalidades e Prós do WordPress

Painel do WordPress

Esse é o painel do WordPress. Muito simples de usar. Não se preocupe, o seu estará em português.

Fica até difícil falar das grandes funcionalidades e benefícios do WP, mas o que você não pode deixar de saber:

  • Totalmente grátis
  • Plugins fáceis de instalar e configurar
  • Gerenciamento simples de anúncios de afiliados
  • Muitos temas e plugins surgem a todo momento
  • Manutenção de baixo custo
  • Facilidade de instalação, configuração e gerenciamento
  • Fácil utilização
  • Em Português
  • Permite a criação de qualquer tipo de site (blogs, redes sociais, e-commerce, fóruns e etc…)

O fato de poder construir um site de qualidade profissional com manutenção de baixo custo e fácil utilização é a grande vantagem do WordPress.

Além disso, por ser a plataforma de gerenciamento de conteúdo mais utilizada no mundo garante que você tenha opções novas o tempo todo.

Contras do WordPress

São poucos, mas vale a pena frisar que para utilizar o WordPress.org você precisaria ter alguém com um pouco de conhecimento técnico ou que você mesmo saiba algumas coisas como configurar um servidor, instalar o WP no seu servidor, instalar e configurar temas e plugins mais técnicos.

Nada que um tempinho pesquisando e aprendendo na base da tentativa-erro não resolva ou, se preferir, peça a alguém para te ajudar com isso.

O excesso de opções em temas, plugins e utilidades também acho um ponto fraco, deixando algumas pessoas confusas na hora de escolher X ou Y. Alguns plugins fazem coisas tão simples que eles são desnecessários.

Por fim, uma outra coisa que pode ser considerada ruim é que o WordPress não é seu, ele é de uma empresa que mantêm o projeto ativo e colaborativo, mas pode ser que um dia ela resolva acabar com o projeto, nesse caso, todos os sites criados nele deixariam de existir.

Mas esse é um problema que você vai ter com qualquer ferramenta de terceiros. Facebook, Google, Skype, e-mails…

Alternativas ao WordPress

Joomla – Gerenciador de conteúdo semelhante ao WordPress e um dos que mais chegam perto de suas funcionalidades.

Drupal – Gerenciador de conteúdo semelhante ao WordPress

Blogger – Conhecido e pertence ao Google. Gratuito e muito procurado por iniciantes. Peca no design.

Typepad – Usado por Seth Godin, uma das maiores autoridades do mundo em Marketing. Promete facilidade no gerenciamento do blog e um time de suporte sempre de prontidão

Tumblr – Funciona mais como rede social mas também funciona como blog.

Embora existam tantas opções, não troco o WP por nenhum desses.

Considerações Finais

Wordpress, o jeito mais fácil de ter um site profissional!

O WordPress é a maneira mais fácil de ter um site de qualidade profissional no ar, sem dúvidas. O que você precisa saber é qual opção usar.

Não recomendo que use a versão do WP.com, mas se você se sentir mais confortável com ela enquanto vai aprendendo, sem problemas.

Na versão que eu uso, precisei aprender um pouco da parte técnica para poder mexer no servidor, configurar o site e coisas do tipo, mas nada demais e nem gosto de aprender nada sobre isso.

Como já citei, tenho um amigo e sócio que me ajuda bastante nisso, o Guilherme Marconi Fraga.

Se puder, encontre alguém que entenda e possa te ajudar/ensinar, como ele fez e faz comigo ou se puder, contrate algum freelancer. Vale a pena e nem fica tão caro assim.

O WordPress serve para você se você for médico, blogueiro, personal trainner, médico, tiver uma loja, uma empresa de serviços ou qualquer outra coisa.

Quero te dar algumas dicas extras para ter um site profissional:

Dica Extra #1: Ao comprar um domínio, busque com os finais .com e .com.br, por questões técnicas é muito bom para você e seu negócio (se for o caso de um negócio).

Dica Extra #2: Você pode aprender as coisas técnicas mais básicas ou peça ajuda/contrate alguém para te ajudar nisso de vez em quando. Problemas acontecem e você vai precisar resolvê-los. Faça uma coisa ou outra, se possível os dois. Mas não deixe de fazer isso.

Dica Extra #3: Um site profissional pode resolver muitas coisas na sua empresa, mas não é tudo que você precisa. Aprenda sobre vendas e marketing, empreendedorismo e esteja sempre aprendendo.

Dica Extra #4: Mesmo que você não tenha um negócio formal, se você for um blogueiro ou algo do tipo, trate seu projeto como um negócio. Isso é extremamente crucial para o seu sucesso.

Agora é com você!

Comece seu novo site logo! Você não precisa de muita coisa e isso pode alavancar seus negócios e projetos!

E queria te pedir/perguntar 4 coisas:

  • Se esse artigo foi útil, deixa um comentário aqui embaixo
  • Compartilhe com seus amigos 🙂
  • Como você acha que um site profissional pode te ajudar?
  • O que te impede de ter um site?

Grande abraço,
Leo Alvarenga.

Se você curtiu isso, compartilha aí! =)

  • Marlo Rivera

    Grande Leo mais um artigo de bom conteúdo! gosto do jeito leve e descontraído que escreve… fica bastante simples a leitura!! parabéns!!

    OBS: Gostaria de ressaltar se as pessoas não quiserem correr o risco de uma dessas empresas citadas simplesmente não saia do ar, se faz necessário uma estratégia de capturas de Email. Não o Email não acabou! rsrsrs

    • Fala, Marlo! Beleza?

      Obrigado pelas palavras, cara…

      Essa estratégia vem em outro post de ferramenta… Mailchimp! Aguarde! eheheh Mas mesmo assim você fica na mão de terceiros. Complicado.

  • Milca Magalhães De Souza Orril

    Excelente!!! Obrigada, Leo!
    Da minha parte nem preciso dizer o quanto este conteúdo foi útil, certo??
    Agora vou menos analfabeta pra consultoria com o Gulilherme, rs…
    Espero em breve ter meu site funcionando a todo vapor com o WP!
    Mais uma vez, OBRIGADA!

    • Oi, Milca!

      ehhehehe Eu sei! Com certeza vai dar tudo certo! To torcendo por você!

      Beijão!

  • Opa Leo… Conteúdo top. Muita gente tem dificuldades com WP e na hora de colocar seu projeto online percebe que precisa aprender a utilizar a ferramenta e não sabe como. Este tipo de artigo ajuda muita gente.

    Sucesso, mano!

    • Valeu, sócio! Até eu tenho dificuldade no WP, imagina quem tá começando! ehehe

      Mas nada é tão difícil quanto parece e tudo tem jeito!

  • Nahdyj Suyan Rocha

    Amei…show!!!

  • Utilidade pública. Parabéns Leo

    • Valeu Rafa!!

      Queria ter um post desse quando comecei! eheh

  • Mathias Luz

    Show de bola meu brother Leo!!! Keep the heats up!!! ótimo post!!! Linda semana meu querido!!

    • Valeu, Mathias!

      Boa semana pra você também! Muito trabalho! eheh

  • Conde

    muito bom =D

  • Lili Ana

    Que legal! Pretendo criar meu site em breve! Seu artigo veio em boa hora! Obrigada!

    • Oi, Lili! Fico feliz que o artigo tenha ajudado! Depois me mostra seu site! Beleza?

      Bons trabalhos pra você lá! Beijão!

      • Lili Ana

        Eba! Mostro sim! =D

      • Lili Ana

        Oi, Leo! Hoje inaugurei o meu site e vim aqui te mostrar: http://lilacpow.com.br/ Espero que goste e obrigada pela força!

        • Parabéns pelo trabalho!!

          Agora é ir melhorando aos poucos…

          • Lili Ana

            Sim! o/ Regar e cuidar dessa semente com carinho!

  • Michele Carvalho

    Muito, muito bom! Obrigada!!!

    • Valeu, Michele! Muito obrigado!

      Espero que tenha sido útil para você como teria sido para mim quando comecei!

      Beijão!

  • felipe salgado

    muito bom esse conteudo me ajudou muito 🙂

    • Obrigado, Felipe!

      Isso me deixa muito feliz! Pra isso que escrevo esses artigos! 🙂

  • Antonio

    Vc que deseja saber sobre WordPress fazer blog e e sites acesse aqui>>>http://bit.ly/18ZK2yX

  • Vivian

    Leo, obrigada pelo texto! Infelizmente tive acesso a ele depois de ter feito meu blog no wordpress.com mas gostaria de tirar algumas dúvidas.

    Consigo instalar plugins no wordpress.com?
    Posso trocar do wordpress.com para o wordpress.org mantendo meus posts e seguidores?

    Obrigada.

    • Oi, Vivian!

      Essa é a parte técnica que eu sempre levo pra galera que trabalha comigo ehhee

      Mas acredito que os plugins no .com são limitados. E os posts acho que poderia manter sim. Quase certeza.

      Beijão!

  • Pingback: Mailchimp - Não Tenho Ideia()

  • Sérgio Augusto

    Muito obrigado pelas dicas, Leo!
    Ajudou bastante

  • Graziele

    Oi Leo. Eu tenho uma dúvida.
    Eu já tenho uma site no wordpress.com, eu consigo aproveitar esse que já está criado e transferir para o wordpress.org?
    Outra coisa, eu consigo comprar o domínio e a hospedagem depois do site já criado?

    Obrigada pelo texto.
    Abraço!

    • Não sei quanto à transferência, acho que sim…

      Mas o domínio e a hospedagem com certeza sim!

      Eu sempre uso e recomendo o Hostgator pra hospedagem: http://vamaislonge.com.br/r/hostgator
      E domínios você pode fazer na GoDaddy, Registro.br ou UolDomínios.

      🙂

  • Isabella Coimbra

    Oi Leo !! Obrigada pelo seu artigo… Foi de grande valia…. Sempre achei que montar um site seria algo do outro mundo… Vou testar e tenhoc erteza que serei mais uma empreendendo em breve. Gratidão !!

  • Pingback: É necessário ter um blog? - Vá Mais Longe()