Sucessos e Fracassos de 2014

Meus fracassos e sucessos em 2014

Que ano!

2014 foi um dos anos mais incríveis da minha vida.

Eu resolvi escrever esse artigo depois de ler algo semelhante de um dos caras que mais admiro. Minha missão aqui é mostrar para você que em um simples ano você pode fazer TUDO que pensar em fazer.

Tenha orgulho de todas as suas conquistas. Reconheça seus fracassos e use-os para conquistar mais vitórias!

Em um ano, eu realizei mais coisas que na minha vida toda. Também cometi muitos erros, mas esses erros não serão esquecidos e vou usá-los para realizar mais coisas no ano que vem, e no próximo e no próximo…

Eu sou a prova viva de que mesmo com pouco tempo, paciência, vivendo em um ambiente “hostil” e com pouco dinheiro, você pode SIM atingir suas metas.

Grandes coisas que aprendi em 2014

  • Mesmo com muito pouco dinheiro, você pode sim empreender. E bem!
  • Nunca faça nada no desespero. Relaxe. O mundo não vai acabar e tudo é reversível.
  • Existem pessoas que estão fazendo a diferença por aí e elas querem que você se junte a elas a todo custo!
  • Nem todo mundo é legalzinho, tem bom caráter e bom coração.
  • Sabe aquela história de fazer o que ama? É verdade. Isso te completa.
  • O modelo educacional está realmente quebrado.
  • Se importar e ajudar as pessoas é a verdadeira chave do sucesso.
  • Ninguém sabe tudo, ninguém é perfeito em tudo. Nem as pessoas que você acha super incríveis.
  • Família não só sangue. É atitude.
  • Mentores, heróis e defensores são cruciais na sua jornada.
  • Nunca queira fazer tudo ao mesmo tempo. Tenha foco!

Nada do que eu fiz é exclusivo a poucas pessoas. Tudo é possível, desde que você se dedique, tenha foco e faça algo com propósito.

Lembre-se que eu também fracassei em muitas coisas nesse ano. E isso também pode acontecer com qualquer um.

Esquece aquela história de que você precisa estudar mais, aprender mais, ter um pouco mais de dinheiro… Sabe quanto eu ganhava por mês? R$270.

Com esse dinheiro, eu tinha minhas despesas de transporte e alimentação, me divertia com amigos e namorada e investia em meus negócios e ainda conseguia fazer sobrar um pouquinho.

Eis meus sucessos e fracassos de 2014:

Sucessos de 2014

Sucessos de 2014

Eu fui escrevendo os acontecimentos conforme eu ia me lembrando. Não estão necessariamente em ordem cronológica.

Desculpa por isso, mas aconteceu muita coisa! ehhe

Tenho muito orgulho de cada um desses feitos e quero que você tenha orgulho dos seus. Não importa quantos forem.

Terminei minha faculdade: Depois de 1 ano e meio fazendo a graduação de Jornalismo, troquei para Educação Física e fiquei duros 4 anos por lá. Não era para mim. Faculdade não é para mim. Mas eu fui até o fim, muito por conta dos meus pais, e terminei esse ano.

Não estou exercendo a profissão, foram 4 anos inúteis? Não. Eu cresci. Foram 4 anos intensos que aprendi muita coisa legal, muita coisa inútil e eu espero nunca mais voltar lá. Faculdade não é para mim.

No total eu fiquei 5 anos e meio na faculdade. O aprendizado que tive DENTRO das salas de aula não serão úteis para mim, mas o que eu cresci nesse tempo, como pessoa, não tem preço. Valeu a pena ficar esse tempo todo lá? Não sei. Talvez eu não estaria onde estou hoje se não tivesse passado por tudo isso.

Larguei meu emprego e fui finalmente fazer o que eu gosto: Assim que entrei na faculdade, fui procurar um estágio e desde o 1º período eu estava trabalhando. Como estagiário, claro, pois a legislação não permite algo além disso. Com o tempo, fui me cansando da rotina, da profissão e diversas outras coisas.

Ganhava muito pouco, pois em Educação Física você é pago por hora. A média de professor de academia é de R$12,00. A de estagiário R$5,00.

Eu trabalhei em vários lugares, mas para ganhar uma quantia “digna”, precisava ficar o dia inteiro na rua e depois seguir para a aula. Meu pico de salário foi R$600 trabalhando de 6 da manhã até 6 da tarde.

No mês de outubro finalmente larguei meu estágio. Coincidiu com a minha graduação, em que eu tive várias propostas de emprego no mercado mas decidi largar e ir fazer o que gosto. Criar negócios e ajudar pessoas.

Criei meu primeiro negócio de sucesso: Esse ano eu criei do zero um negócio pela internet que foi altamente estressante e lucrativo. O Fit Experts é um modelo de congresso online para profissionais e estudantes de Educação Física.

Eu tive essa ideia depois de ver o sucesso de diversos congressos online em outros mercados e resolvi criar um no nicho de mercado em que eu estava inserido. Convidei o meu atual sócio, Thiago Merlo, e juntos, criamos um dos maiores congressos já feitos nesse mercado.

Desde a concepção até o fim do congresso foram 6 meses. O trabalho duro de verdade durou 3 meses, com o congresso começando em setembro.

Esse modelo de congresso é gratuito. As palestras são transmitidas gratuitamente e quem quiser adquirir o que chamamos de Pacote Expert, pagaria um valor para ter todas as palestras para ver quando quiser, os arquivos de áudio, certificado de participação e algumas outras coisas. Foi assim que monetizamos o projeto.

Foram 7 dias de palestras, 45 palestrantes, 6000 inscritos e muito sucesso. Tivemos muitos problemas no caminho, alguns muito sérios e outros nem tanto.

Durante o congresso eu fiquei 48 horas sem dormir para garantir a qualidade das transmissões das palestras, e mesmo assim, tivemos apenas um problema muito sério com a palestra em si.

Deu tudo certo. Agora, o próximo passo? Sinceramente não sei. Talvez eu venda o projeto.

Fiz minha primeira viagem de avião: Acredite. 23 anos e não tinha feito uma viagem de avião ainda. Ela aconteceu em maio para São Paulo, onde fui para um evento de empreendedorismo e marketing. Fantástico. Eu não sou muito fã de aviões, mas foi legal. Nesse evento, conheci pessoalmente alguns dos caras que mais admiro e aprendi coisas que apliquei durante o resto do ano.

Fiz minha primeira viagem internacional: Em outubro eu fui para Buenos Aires, Argentina. Fomos eu e minha namorada, ficamos 5 dias por lá. De novo, não sou fã de ficar andando de avião, mas a viagem foi incrível. Gostei muito da cidade e do sorvete. 4 vezes por dia eu ia em uma sorveteria, e Freddo não é a melhor de lá!

Ajudei financeiramente meu pai com uma quantia expressiva: Em toda minha vida, meu pai sempre pagou minhas contas, me ajudou no que eu precisava e se sacrificou bastante por mim e pelo meu irmão.

Com o Fit Experts, tivemos um faturamento bom e consegui ajudar meu pai com uma quantia expressiva para ajudá-lo nas despesas da casa, pois estamos nos preparando para fazer uma mudança. Minha meta é ajudar ainda mais pelos próximos anos. Muito mais.

Consegui meu primeiro cliente de consultoria de negócios: Depois do Fit Experts e com o Não Tenho Ideia eu entrei em evidência no mercado. Os resultados mostraram que eu sou bom no que faço. Com isso, hoje ganho um valor 140 vezes maior do que ganhava quando era estagiário. Por hora.

O que eu faço? Eu ajudo pessoas que tem dificuldade para criar ou alavancar um negócio.

Lancei oficialmente o Não Tenho Ideia: O Não Tenho Ideia foi criado em 2013, mas por burrice minha enrolei até outubro desse ano para lançar oficialmente e realmente trabalhar nele. Esse projeto é a minha meta de vida. Com ele, quero ajudar pessoas, criar negócios e escrever muito. Inclusive livros.

Entrei para um mastermind: Mastermind é um conceito antigo, onde basicamente, um grupo de pessoas se reúne com objetivos comuns: Sucesso e ajuda mútua. Esse ano fui convidado para participar de um, e isso tem me gerado grandes coisas, inclusive um grande projeto para 2014 surgiu lá.

Dei minha primeira entrevista: Foi uma experiência ótima. Gostei. Dei minha primeira entrevista de verdade! Foi para o Dieverson do Mudança de Planos. Se quiser, veja a entrevista clicando aqui.

Fiz minha primeira venda como afiliado: No marketing digital, existe o marketing de afiliados. Onde basicamente, você recebe uma comissão por indicar algum produto. Dizem que a primeira venda é especial. E é mesmo. 🙂

Escrevi meu primeiro eBook: O eBook “Com Quem Você Anda?” foi escrito durante 2 meses, onde procurei compilar o máximo de informação qualificada para ajudar as pessoas a encontrarem tudo que precisam para melhorar aspectos da vida pessoal e da vida profissional.

O eBook tem 90 páginas e é gratuito. Graças a meu amigo Chico Montenegro do Olhe Fora da Caixa, ele tem essa capa linda. Você pode baixar o eBook inteiro clicando aqui.

Comecei um grande projeto com o Chico Montenegro para 2015: Em 2015, eu e o Chico Montenegro estamos preparando um grande projeto chamado Vá Mais Longe. Vamos reunir conhecimento e ferramentas para desenvolver uma pessoa como um todo, ou seja, pessoal e profissionalmente.

Comecei a criar um treinamento para lançar em 2015: Estou projetando um grande treinamento online para 2015. Ele vai compilar tudo que uma pessoa precisa para tirar uma ideia do papel e ter a vida que deseja.

Estou tendo muito cuidado e testando tudo para trazer ao mercado não somente um treinamento, mas uma revolução. Não tem nome ainda. Mas se você estiver na lista VIP do Não Tenho Ideia você vai saber quando chegar a hora.

Aprendi muito: Esse foi um ano de aprendizado. Li muitos livros, conheci muita gente, fiz alguns cursos, fui em vários eventos e vou continuar fazendo isso. O aprendizado nunca acaba. E não preciso de faculdade para isso.

Entre todos os meus sucessos de 2014, eu senti que realmente sou capaz. Que eu tenho tudo que preciso, que não preciso e não posso me esconder.

Esse foi o meu melhor ano até agora.

Até agora.

Fracassos de 2014

Fracassos de 2014

Se tem uma coisa que eu aprendi é que os fracassos são seus aliados. Você pode usá-los como alavancas para seus futuros sucessos.

Confesso que algumas vezes eu fiquei tentado e quase entrei em pânico. Outras vezes eu realmente entrei em pânico, mas eu tive algumas pessoas que me ajudaram muito a me manter de pé.

Foram os meus mentores, os meus heróis e a minha defensora (em um novo artigo vou te explicar o que cada um significa).

Nesse ano, eu não me deixei abater com os fracassos e continuei seguindo em frente. Do jeito que dava, “cambaleando” e “tropeçando”. Infelizmente, na nossa cultura, os fracassos e erros são condenados e quem passa por isso é marcado pelas pessoas e elas passam a ter uma visão ruim dessa pessoa. Ignora isso.

Aceite seus fracassos. Use-os para fazer seus sucessos.

Não mudei de casa: Esse ano acabei não me mudando. A obra da casa nova já acabou, mas por diversos motivos, a mudança ainda não aconteceu. Parece que em janeiro de 2015 finalmente vai acontecer. Tomara!

Ela é tão importante pois finalmente vou sair de uma casa em que moro com outras 10 pessoas (todos familiares). Não dá para viver dessa forma, com muita opinião, muito barulho e muita interrupção.

Não dediquei mais tempo aos meus amigos: Durante tudo que aconteceu nesse ano, com o último período da faculdade, apresentação de monografia, Fit Experts, Não Tenho Ideia e outros projetos profissionais, acabei deixando um pouco da vida social de lado.

Isso é péssimo para o psicológico e para as relações também. Eu agora já sei que mesmo com todos os projetos e compromissos, posso e devo ter vida social.

Procrastinei muito: Esse é um dos defeitos que tenho. Eu procrastino demais. Eu sei disso e eu era muito pior. Esse ano não melhorei tanto quanto eu queria.

Não compreendi mais cedo que nem todo mundo é bom, é legal e tem caráter: Existem pessoas ruins por aí. Eu errei em “confiar” em algumas pessoas que falharam feio comigo em alguns momentos. Tudo bem.

Não guardo rancor, mas aprendi. Sinto pena delas. Elas não sabem o quanto faz bem ajudar, ter caráter e ser leal. Isso volta para você. Aprendi a lição.

Relaxei com minha forma física: Isso é duro de admitir, mas esse ano eu realmente relaxei em tudo. Comi mais, comi mais porcarias, me exercitei menos, pratiquei esportes com uma frequência menor… Eu dei mole e acabei prestando muita atenção ao trabalho e menos a mim.

Não ousei mais: Eu sinto que poderia ter sido mais ousado em alguns momentos e projetos. Exigido mais, feito mais, cobrado mais e prometido mais. A consequência disso tudo? Teria tido mais resultados positivos.

Não comecei o Não Tenho Ideia antes: Eu me pergunto o tempo todo como eu enrolei tanto para começar o Não Tenho Ideia. Eu devia isso a mim e as pessoas. Poderia ter começado bem antes.

Falhei ao ler mais: Esse ano eu li mais do que nunca, mas poderia ter feito mais. Tenho uma lista de livros que ainda quero ler que já deve ter uns 700 livros. Esse ano li em torno de 30. Poderia ter lido 60, 90… Não fui tão produtivo.

Falhei ao meditar mais: Uma coisa que eu aprendi esse ano e que queria ter feito mais era meditar. Sempre achei meio idiota, mas realmente funciona! Poderia ter sido mais assíduo, mas falhei nisso. Meu melhor período foi durante um desafio de 14 dias seguidos proposto pelo Lewis Howes, mas não passou disso. Em alguns momentos fiquei semanas sem meditar.

Eu errei bastante! Mas aceito isso e realmente vou fazer do próximo ano um ano melhor ainda. 2014 foi ótimo, mas não é nada comparado ao que farei de 2015.

2015 vai ser tão bom por causa do Não Tenho Ideia. Com esse site, vou poder realmente fazer a diferença, ajudar as pessoas e realizar grandes coisas. E conto com você para isso.

Mas me diz você: Quais foram seus sucessos e fracassos de 2014? Como será 2015 para você?

Não fica com vergonha de escrever sobre isso. Esse também é um ótimo exercício de visualização que vai te ajudar a saber onde você acertou, para que você faça mais e melhor desses pontos, e vai ver também onde errou, para que possa corrigir tudo.

Deixa seu comentário aqui embaixo e me conta, beleza?

Tamo junto!
Leo Alvarenga.

Se você curtiu isso, compartilha aí! =)

  • Bacana o seu artigo, Leo! Me identifiquei em vários pontos. Também estou “procrastinando” com um projeto, o Dose de Marketing. Mas vai sair em 2015. Muito se deve a correria do trabalho tradicional e também das consultorias que faço. Também fiz minha primeira venda como afiliado esse ano, no comecinho do ano. 🙂 Mas em 2015 quero empreender mais, e mais sério. Abs!

    • Fala, Bruno!

      Procrastinar é humano. Não tem jeito… Aos poucos podemos ir melhorando isso. Começa a projetar 2015 agora, cara. Aproveita esses dias que ainda temos em 2014 pra montar seu 2015 de sucesso.

      Abração!

  • Jair Rebello

    Leo, texto fodão!

  • Marcos Vaz

    Bela retrospectiva Leo, ano que vem será muito melhor!!

    • Valeu, Marcos!

      Com certeza! O melhor ainda está por vir!

  • Caraca, muito bom texto, Leo. E olha eu ai no texto ajudando nas vitória 🙂
    Vamos em frente!!! 2015 tá ai cheião de vontade de ser conquistado.

    • ahahahahaha ajudando muito, né! 2015 vem com força!

  • Miqueias Maciel

    Texto muito bom e inspirador!

    Sucesso 2014: Meu espírito empreendedor reacendeu, hoje sei que posso realizar meus projetos!
    Fracasso 2014:Não coloquei meu projeto empreendedor em prática.
    Mas sei que 2015 não vou cometer os mesmos erros.
    Que Deus nos ajude. 🙂

    • Fala ai!!! Que bom saber que você reacendeu o empreendedorismo em você cara. Você pode MUITO. Começa a colocar seu projeto em prática nesses dias que faltam para o fim de 2014. Que tal? O que falta?

      Tempo? Não. Dinheiro? Não. ehehe

      2015 vai ser de sucesso pra você!

      Abração!

  • ArlindoArmando

    Top demais velho 🙂

    Parabéns pelas conquistas e pelos erros, todos nos levam a uma evolução contínua. Espero que seu próximo ano seja ainda melhor 😉

    Abraços, Arlindo Armando

    • Valeu, Arlindo! Com certeza o ano que vem vai ser top para nós dois!

      Tamo junto!

  • Luciana

    Gostei muito do seu texto. Também tenho espírito empreendedor e luto para ajudar educadores a serem melhores em sua profissão. Tenho uma empresa, um site (www.idcpro.com.br) e muitas ideias na cabeça. Algumas já coloquei em prática, outras tenho “enrolado”. Gostei da lista de sucessos e fracassos. Muitas vezes ficamos pensando que muita coisa deu errado, mas ao listarmos os sucessos, podemos visualizar o quanto de coisa boa fizemos. Acho que você está seguindo pelo caminho certo. Trabalhar com amor nos move mais. Desejo que 2015 seja um ano muito legal pra você!! Sucesso!!

    • Oi, Luciana!

      O bom dessa lista é que ela realmente mostra que fiz muita coisa apesar de tantos erros. E vou pegar esses erros e transformar em acertos para 2015. Serão minhas metas!

      Faz um também! Vale a pena!

      2015 vai ser um ótimo ano para nós dois!

      Beijão!

  • Demais, Leo. Saldo positivo, com certeza.
    Textos como este são ótimos pra mostrar que pessoas que alcançam resultados são pessoas comuns e trazem consigo erros, acertos, dúvidas e aprendizado contínuo.

    Parabéns por ter se colocado em movimento. Grande abraço.

    • Valeu, Camilo!

      Errar e acertar é comum e todo mundo pode fazer. O grande segredo é agir.

      Abraço!

  • Danielle Santos

    É Léo..! “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”..! Parabéns pelo artigo e mais sucesso ainda em 2015, 2016, 2017 e para todo o sempre! Bacana te conhecer, pessoalmente! Abs =]

    • Oi, Dani! Valeu mesmo!

      O sucesso vai ser de todos nós em 2015, 2016…

      Certo? Beijão!

  • Mathias Luz

    Poxa Leo, muito legal saber sua história cara! Agora reconheço que quando te conheci no evento nem tive a dimensão da riqueza da sua jornada! Estou vivenciando momentos parecidos pelos quais você já passou e espero continuar te acompanhando e tomando teus insights. Eu tenho me esforçado para que eu possa ajudar financeiramente minha família e o fato de você ter compartilhado isto de ter sido capaz de ajudar a tua e poder mudar de casa me deu mais encorajamento e confiança de que estou chegando lá também. Portanto, muito obrigado por me alimentar positivamente! Abraços e lindo 2015 meu querido! #tamujuntu

    • Fala, Mathias!

      A jornada ainda é longa… heheh

      Cara, pode ter certeza que eu vou compartilhar TUDO que for relevante por aqui. E de qualquer forma, pode sempre entrar em contato direto comigo. Beleza?

      Eu ainda vou ajudar meus pais um pouco mais… Muito mais. ahaha

      E quero que você me conte das suas evoluções também, fechado?

      Feliz 2015!

  • Jen

    Thank goodness Google will translate this to English for me 🙂
    This was incredible! I’m amazed at all you accomplished in a year and I love that you shared your failures too. Super inspiring! Cheers to 2015 and the new adventures it will bring! 🙂

    • eehheh Hi, Jen!

      2014 was really amazing! But 2015 will be the best of all. And 2016, 2017… To me and to you, I’m sure! ehehe

      🙂

      • Jen

        Yessss!!! 🙂

  • Pingback: 1 ano é suficiente! - Não Tenho Ideia()

  • Pingback: 1 ano é suficiente para você mudar sua vida! | A Iniciativa()

  • Anderson Dias

    VOCÊ É OTARIO BABACA PAU NO CU DO CARALHO ESSE TEXTO É CONVERSA PRA BOI DORMIR NÃO ME ENCHA O SACO COM ESSE EMAILS PORRA PARA DE MANDAR EMAIL PRA MIM ZÉ RUELA O SEU BLOG É UM LIXO