1 ano é suficiente para você mudar sua vida!

1 ano é suficiente pra mudar sua vida

Nas últimas semanas eu comecei a me dar conta de umas coisas meio bizarras.

E essas coisas com certeza também passam pela sua cabeça de vez em quando e você nem percebe!

“Será que eu estou me tornando uma pessoa melhor?”

E aí, como foi seu último ano? Volte ao dia de hoje no ano passado e se pergunte algumas coisas:

  • Como era a sua vida?
  • Como era sua rotina?
  • Como era seu trabalho?
  • Você era feliz?
  • Você tinha algum grande problema?
  • Você tinha um grande sonho?

Já parou para pensar nisso? Eu já. E isso foi culpa do Facebook…

O Facebook me fez pensar no meu ano. Já pensou no seu?

Pense no seu ano

O Facebook estava fazendo uma ação dentro dos perfis pessoais em que ele mostrava uma foto de exatamente 1 ano atrás.

A minha foto me trouxe um sentimento de realização, alegria e até raiva.

Ele me mostrou uma foto em que eu estava em uma festa com amigos da academia em que eu trabalhava. (Se quiser ver essa foto, clique aqui!)

Essa foto me trouxe uma visão de tudo que eu realizei em um ano… Em alguns segundos eu me dei conta de quem eu era, o que eu fazia e como eu estava na época e como tudo mudou de lá pra cá.

Geralmente as pessoas costumam esperar o fim do ano para repensar tudo que fizeram, mas com essa foto eu fiz diferente e já fiz esse “recap”.

(Recomendo muito que você faça o mesmo!)

Se pergunte… “Como eu estava?”

E aí se pergunte de novo: “Como eu estou?”

Você acredita que melhorou? Que mudou para melhor? Que chegou no seu estado desejado?

Isso vai muito de encontro com a questão de realizarmos metas e objetivos, coisas que você deve sempre ter.

Eu estava tão mal assim?

eu estava tão mal assim

Sim!!!!! ahaha

Naquele dia eu ainda era estagiário na academia e ganhava apenas R$5,00 por hora.

Estava completamente insatisfeito com minha vida, minha rotina, meu trabalho e minhas condições financeiras.

Eu acordava todos os dias às 5 da manhã e sentia aquela dor e tinha sempre vontade de dar uma desculpa para não ir trabalhar.

Já não aguentava mais nada relacionado a minha faculdade de Educação Física, odiava assistir aulas e fazer provas e já não fazia nada além do necessário para passar.

Eu me sentia inútil dentro do trabalho e da faculdade.

Não era aquilo que eu queria para mim. Eu não sentia que estava fazendo a diferença ali dentro.

De verdade…

E eu estava desesperado para sair, mas precisava de alguma coisa que me garantisse financeiramente.

E então?

Eu estudava como um louco por alguma alternativa viável que me tirasse daquele sufoco, pois precisava de alguma coisa que me tirasse daquela situação.

Eu já sabia o que queria fazer.

Queria um negócio próprio, um projeto que gerasse uma quantia suficiente para que eu largasse tudo e me dedicasse aos meus empreendimentos.

Eu gostava dessa ideia.

E fica aí uma lição: Muito importante que você saiba o que você quer e o que te faz feliz. =)

O que eu fiz?

O que eu fiz?

Nesse último ano eu lutei muito…

Daquele dia para cá eu tive que lutar contra meus medos.

Principalmente o medo do fracasso e o medo de não ser bom o suficiente.

Mas eu continuei seguindo em frente.

Pensei muito em desistir, muito mesmo. Durante muito tempo, eu estudava horas e horas e trabalhava muito.

Mas mesmo assim tinha muita dificuldade em conseguir os resultados que eu queria.

Faltava uma coisa: Prática!

Durante muito tempo eu fiquei só lendo, lendo, lendo e aprendendo. Até que em um momento resolvi começar a aplicar tudo isso.

Apliquei do jeito que dava, com o dinheiro que tinha e como dava.

Esse é um ótimo jeito de começar a buscar o sucesso: Tentar.

Uma outra dica: Não fique só na teoria. Aplique o que você aprender!

Não tem muito segredo: É a prática que faz você ser melhor.
Luís Junqueira

Com o tempo também fui aprendendo a lidar melhor com meus medos e percebi que tudo aquilo era coisa da minha cabeça. (Mas eles continuam por aqui! :p)

E enquanto eu continuava aprendendo e aplicando (e errando muito), eu tive o meu ponto da virada…

O Fit Experts

Eu criei o Fit Experts, um congresso online de capacitação para profissionais de educação física.

Reuni 45 especialistas em diversos temas com apresentações gratuitas pela internet.

O nosso modelo de monetização era o Pacote Expert, que dava a opção a quem quisesse ter essas palestras e alguns outros bônus por um valor específico.

Consegui atingir minha meta de faturamento…

Larguei a “profissão”!

Coincidentemente, logo após minha graduação em Educação Física eu consegui sair do mercado.

Com o faturamento do Fit Experts eu consegui investir em meus negócios, ajudar minha família e guardei uma quantia para “queimar” ao longo do tempo.

Eu finalmente tinha conseguido!

Não estava mais desesperado, a corda do pescoço tinha sido cortada!

Eu não precisava mais ir para um emprego que odiava para fazer algo que não fazia sentido e ganhando pouco.

Agora eu faço a diferença no mundo fazendo coisas que eu gosto e sou muito bem pago por isso!

(E se você está se perguntando onde está o Fit Experts, a resposta é: Não gerencio mais esse projeto. Estou me dedicando ao Não Tenho Ideia e ao Vá Mais Longe)

1 ano depois

Minha vida mudou COMPLETAMENTE!

Como eu conto nesse artigo, eu já fiz mais coisas do que em quase minha vida toda. Realizei muito mesmo.

Eu estou muito feliz com o que faço, com minha rotina e meu impacto no mundo.

Muitas pessoas ainda acham que eu sou maluco, que não faço nada da vida. E tudo bem!

Não me importo com a opinião dessas pessoas. Eu me importo em mudar o mundo (ou pelo menos o meu mundo e o das pessoas que me acompanham).

1 ano = 365 oportunidades

Aproveite a sua. Todos os anos.

Minhas lições para você…

Minhas lições pra você

Eu contei essa minha história por alguns motivos.

Eu quero que você veja a SUA vida com outros olhos.

Se você acha que ficar em uma situação que te incomoda é a coisa mais fácil e você não quer correr atrás nem um pouquinho, abra seus olhos!

Eu poderia continuar naquela profissão? Sim.

Era o mais fácil a se fazer? Sim.

As coisas poderiam melhorar para mim? Não.

Então me arrisquei durante um tempo, me sacrifiquei um pouco para ter um futuro melhor.

Para criar o meu futuro. E não deixar nas mãos de outras pessoas.

Eis as lições:

  • 1 ano é suficiente para você mudar de vida;
  • Não se incomode com a opinião dos outros;
  • Você é capaz. Acredite em mim e em você;
  • Está infeliz com alguma coisa? A hora de mudar é agora.
  • Não existe o momento certo. A hora é agora mesmo!
  • Leia e continue aprendendo bastante!
  • Aplique tudo que aprender. A prática te faz melhor;
  • É possível ter um trabalho que você ama e ser bem pago por isso;
  • Tome cuidado com quem você escuta;
  • Você pode fazer o que quiser!
  • Você pode fracassar, mas você não pode desistir;
  • Dinheiro não é problema. Você é melhor que essa desculpinha.

São lições que eu gostaria que tivessem me dado há um ano atrás.

Acho que isso vale ouro. O que você acha?

Esse texto tem o único objetivo de te incentivar a começar seus projetos, de acabar com as desculpas esfarrapadas e viver mais feliz.

Eu consegui atingir esse objetivo?

Daqui em diante você não pode falar que ninguém nunca te avisou! :p

E agora o que eu queria que você fizesse…

Se você gostou, deixa um comentário aqui embaixo e compartilha com os seus amigos. Com certeza algum deles sofre desse mesmo problema que eu sofria e você vai fazer um grande bem a ele!

Ah!

E lembre-se: 1 ano é suficiente! 

Grande abraço,
Leo Alvarenga.

Se você curtiu isso, compartilha aí! =)

  • Mauro Brigido

    Olá Léo!

    Ótimo artigo! Parabéns mesmo!

    Sabe que nesse último ano, foi um ano de muitas descobertas para mim. Descobri o que realmente queria fazer.

    Bom eu quero voltar para o meio acadêmico e dar aulas em Universidades. Para isso, claro, exige uma grande preparação. Então iniciei o meu primeiro Mestrado agora em Abril/2015, e como estou concluindo esse semestre a Graduação em Comércio Exterior, em Julho/2015, estarei iniciando o 2º Mestrado. Farei os dois ao mesmo tempo, pois pela experiência que tive em fazer 10 matérias no semestre passado e mais 9 esse semestre junto com o Mestrado e outros estudo meus, ví que consigo levar sem grandes problemas e absorvendo ao máximo!

    Além disso, vou retornar hoje com meu projeto do Finanças Jovem (www.financasjovem.com.br).

    E quem diria que em Março/2014, eu teria a ideia de estar cursando um Mestrado e já planejando a entrada em outro!

    1 ano é muita coisa!

    Sucesso Léo!

    Um forte abraço!

    • Fala, Maurooo!!

      Como assim, cara?! 10 matérias? 9 matérias? Mestrado?

      DOIS mestrados? eheheh

      Você tá com tudo, cara… 1 ano é muita coisa mesmo!!

      Abração!

      • Mauro Brigido

        Fala Léo!

        Não é mole segurar o cara aqui! hahahahaha

        Um forte abraço!

  • Lili Ana

    Oi, Léo! Texto massa!

    No início de 2014 eu pedi demissão de um emprego que eu odiava. Eu não me identificava com a empresa (uma grande construtora) e a minha sensação lá era de q eu trabalhava, trabalhava e não via nada melhorando nunca. Depois disso fiquei um tempo bem perdida procurando outro emprego (similar) e não consegui. Dizem que há uma crise no mercado, porém hoje acho que eu mesma inconscientemente me autossabotei nas minhas tentativas de conseguir outro emprego daquele.

    Há exatamente um ano atrás, acho que eu estava nessa busca por um emprego novo mas ‘igual’ ao que já não tinha funcionado pra mim. Nesse um ano eu tive a oportunidade de estudar (fazendo pós de gerenciamento de projetos e o curso da Rafaela Cappai de empreendedorismo criativo) e pude exercitar bastante meu autoconhecimento e imaginar um formato de trabalho que poderia funcionar melhor pra mim…

    Percebi que tinha deixado uma coisa lá atrás que eu tinha que retomar na minha vida (eu me formei arquiteta, mas sempre fui fissurada por desenho e pintura… mas nesse tempo q eu trabalhei na construtora, por n motivos, deixei minha paixão/talento guardados no armário).

    Acho que hoje estou melhor (apesar de não ter chegado ainda onde gostaria), pois estou mais próximo do que quero de verdade pra mim (acaba que é algo que eu estou descobrindo) e trabalhando para conquistar isso.

    Beijos e boa semana!

    • Que ótimo, Lili.

      Os momentos complicados de alguma forma te trouxeram até aqui… Agora que você está próxima do que quer de verdade, identifique o que falta para chegar lá.

      E continue dando duro! =)

      Beijão!

  • Aline Eltz

    Léo, fico muito feliz por você dividir sua história aqui no Não Tenho Ideia. São conteúdos muito inspiradores, de uma simplicidade genuína. Com eles vejo que é possível sim mudar de vida e realizar o trabalho que a gente curte. Agradeço por você compartilhar sua história. Adoro o Não Tenho Ideia!

    • Oi, Aline. Tudo bem?

      Com certeza é possível. Mas precisamos nos dedicar e trabalhar para isso…

      Vamos com tudo!!

      Beijão!

  • Janete Barbosa

    Hoje eu estou bem melhor do que há um ano atrás… e estou em constante busca de melhoras.
    Estudo muito e preciso estudar mais ainda; adoro estudar, ler, aprender coisas novas…

    Concordo com você, Leo “não podemos nos importar com as opiniões das pessoas”, cada pessoa tem uma opinião/crença diferente e alguns insistem em repetir e repetir e isso não pode nos influenciar…

    • Oi, Janete! =)

      Mas toma muito cuidado para não ficar só aprendendo e não aplicar nada, tá?

      Em relação a essas opiniões que influenciam para o lado ruim, ignora!!! 🙂

      Beijão!

  • Gabriela Meinert Vitniski

    Estou conhecendo seu blog hoje, gostei muito. Estou me estruturando e iniciando um projeto semelhante, sou advogada empresarial e amo todos os assuntos relacionados à empreendedorismo, motivação, inovação. Parabéns, muito legal sua história também. Sucesso.

    • Oi, Gabriela!

      Que legal que gostou… Fico feliz! =)

      O seu projeto será para que nicho? Boa sorte e tenho certeza que vai ser um ótimo trabalho!

      Beijão!

      • Gabriela Meinert Vitniski

        Estou montando um blog de informações jurídicas para empreendedores, novos empresários, ainda é um projeto em construção. Se Deus quiser, será muito útil 😉 Abraços.

        • Que ótimo!

          É um mercado que precisa! Vai te ajudar muito sem dúvidas, Gabi!

          Beijão e boa sorte!

        • Leon Hatori

          @gabrielameinertvitniski:disqus se precisar de ajuda, entre em contato ! Tenho experiência na área, sou futuro bacharel de Direito, e muito entusiasta do tema de empreendedorismo ! 🙂

          • Gabriela Meinert Vitniski

            Oi Leon, que bacana, se precisar entrarei em contato sim 😉

  • Pingback: Mailchimp - Não Tenho Ideia()

  • Gabriela Jordão Moya

    Massa!! Li isso hoje no auge de várias mudanças em minha vida…. faço questão de fazer um post especial aqui no dia 22/05 de 2016!!!!

    • Opaaa!!!

      Quero ver esse post e vou cobrar ein, Gabi!

      =)

  • Diego R dos Santos

    Identifiquei-me totalmente com esse post, pois estou na mesma situação (em um emprego que detesto e que suga toda minha energia, recebendo uma ninharia). Segunda-feira mesmo vou pedir para sair do emprego e me obrigar a montar o meu negócio, custe o que custar. Abraço, Leo!

    • Opaa, que legal, Diego!!!

      Já tá decidido? Você preparou toda a rede de segurança? Uma reserva financeira pra não ficar sufocado, mentalidade empreendedora pra seguir todo o caminho e os conhecimentos?

      Abraço!

      • Diego R dos Santos

        Fala, Leozito!

        Cara, tô muito decidido.

        Sim, estou consciente de que somos os criadores de nosso destino, de que podemos escolher nossos hábitos, sentimentos e pensamentos. Também de que o sucesso não é algo mágico que surge do nada, mas sim criado no dia-a-dia por meio de nosso hábitos.

        Adoro finanças e investimentos, por isso tenho uma quantia razoável de dinheiro para dar o giro durante certo tempo.

        Vou formalizar o pedido de saída do trabalho amanhã mesmo (segunda-feira). Não tenho nenhum projeto concreto, apenas algumas ideias em mente. É no desconforto que crescemos como pessoa, não é verdade?

        Tem a parte da família e amigos acharem loucura, mas como Flávio Augusto fala que no começo somos loucos etc, mas depois que alcançamos os sucesso recebemos tapinhas nas costas. Faz parte.

        Conversamos mais em outros posts, Léo!

        Abração!

        • Que ótimo, cara!

          Você tá bem seguro disso, parece ter pensado e se preparado bastante. Só recomendaria uma coisa: COMEÇA HOJE!!!

          Espera pra sair não… 🙂

          Parabéns!!!

          E vamo com tudo!

  • Jonatas Ramos da Silva

    Inspirador.. Nossa cara muito bacana seu artigo e principalmente sua iniciativa. Se for pra olhar para o passado que seja com os pés no presente,assim poderemos perceber o quanto estamos melhorando. Abraços….

    • Obrigado, Jonatas!

      É isso aí… Nós SEMPRE estamos melhorando. Vejo tudo como um aprendizado.

      Muitas vezes a galera tem dificuldade pra entender isso, mas depois que entendem, a coisa muda! 🙂

  • Mateus Schenk Freitas

    Gostei muito do seu artigo Leo. Há um ano eu estava começando o meu blog http://www.valordodinheiro,net , e embora não tenha dado uma virada tão granda na minha vida (não larguei emprego nem nada) foi um motivo de grande satisfação por estar fazendo uma coisa da qual gosto muito. Parabéns e sucesso para você.

    • Obrigado, Mateus!

      As vezes pode demorar um pouco mais ou um pouco menos, mas se você seguir o padrão, vai conseguir em um momento ou outro.

      Não desiste!!!

      Qual você acha que tá sendo a maior dificuldade hoje?

      • Mateus Schenk Freitas

        Meu blog nao tem muitas visitas mas tem uma boa conversão. Quando eu conseguir elevar consideravelmente o número de visitantes aí sim, vou ficar mais celiz.

  • Fernanda

    Mudar de vida nunca é fácil, principalmente quando não se sabe que rumo tomar. Passei os últimos anos tentando descobrir como melhorar a minha qualidade de vida e ser mais feliz, até conhecer um curso online que me ajudou muito. O curso é de uma coach que viajou o mundo estudando sobre o assunto e tentando se encontrar, largou um trabalho super bem remunerado nos Estados Unidos para construir uma nova vida pra ela. Quem acha que pode se beneficiar de um curso assim dá uma olhadinha. O curso realmente transforma a sua vida!

    http://hotmart.net.br/show.html?a=L4030031V

  • João Pedro

    Muito bom o texto. Show! Muito inspirador! Obrigado por compartilhar.
    Porém não sei como dar o primeiro passo…

  • Mateus Ribeiro

    Muito bacana e inspiradora sua história Leo! Atualmente estou exatamente como você descreveu: completamente insatisfeito com minha vida, minha rotina, trabalho, faculdade e etc. Tenho estudado e lido muito para mudar isso, seus artigos sem dúvida têm ajudado bastante! Parabéns! Grande abraço.

    • Obrigado, Mateus!

      Aplica o que eu sempre ensino aos meus alunos: Pra cada 1 hora de teoria tenha 1 hora de prática! 🙂